Inspiração: Infância - Dia Das Crianças.

12 de out de 2015


Olá meninas. "Desculpem a minha ausência" já é de praxe né? Bom, cheguei a gravar alguns vídeos, mas não tive tempo de editar, enfim, vocês já sabem o que está rolando, que eu estou passando por um momento corrido e tals, então acho que não preciso repetir as explicações.

Bom, neste dia das crianças eu resolvi abrir o baú de fotografias antigas da família, vocês nem imaginam a nostalgia que eu senti. A infância é a melhor fase da vida da gente, levei muito tempo para perceber o quão boba é aquela ideia que toda criança tem de querer crescer rápido. 

Para celebrar o dia de hoje, separei algumas fotos antigas que encontrei por aqui, não são muitas, mas elas significam muito para mim. Olha só:


Carmen Milan e Claudia Milan, 1994.
Lembro da casa que eu morava em SP, eu e minha irmã assistindo desenho, montando lego, fazendo aquela baderna. Uma vez caí na cozinha e quebrei o pé, eu era tão terrível que batia o gesso na parede até trincar, e minha mãe tinha que correr comigo de volta pro hospital.

Mamãe e Papai, Itanhaém, 1995.
A gente ia na praia algumas vezes por ano, tinha uma colônia de férias que meu pai era sócio, me lembro que quando chegávamos eu mal podia conter a ansiedade para ir na água.

              Foto 1: Medo do mar, Itanhaém, 1996                                           Foto 2: Casa do vô com a prima Jôse, Joanópolis, 1996.
É incrível como me lembro das coisas como tivessem ocorrido semana passada. Lembro dos meus brinquedos favoritos e do nome de todas as amiguinhas da época.

Carnaval de Salão, Joanópolis, 1997.
Todo ano minha mãe fazia fantasias pra mim, e eu, claro, achava o máximo! Já bem extrovertida, apesar da carinha de anjo.

Redundância, 1998.
Quando estava aprendendo a escrever então, segura! Eu rabiscava tudo o que via pela frente. Inclusive os álbuns de fotos (e as paredes da casa da minha avó).

                     Foto 1: Itanhaém, 1996.                                                           Foto 2: Natal 1997, Ano Novo 1998.
Minha infância foi linda, minha família me proporcionou o melhor crescimento que eu poderia ter, e sou imensamente grata por isso. Desejo um dia ser para os meus filhos tudo aquilo que os meus pais foram para mim. Como o tempo voa... 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Made With Love By The Dutch Lady Designs