Relíquia Íntima, Machado de Assis

7 de mai de 2015

Poesia. Poesia para passar por cima de todo o mal que nos cerca neste mundo vil e impiedoso. Poesia para inspirar. Poesia para dar forças. Poesia para libertar. Poesia. Poesia. Poesia.
Relíquia íntima

Ilustríssimo, caro e velho amigo,

Saberás que, por um motivo urgente,
Na quinta-feira, nove do corrente,
Preciso muito de falar contigo.

E aproveitando o portador te digo,

Que nessa ocasião terás presente,
A esperada gravura de patente
Em que o Dante regressa do Inimigo.

Manda-me, pois, dizer pelo bombeiro

Se às três e meia te acharás postado
Junto à porta do Garnier livreiro:

Senão, escolhe outro lugar azado;

Mas dá logo a resposta ao mensageiro,
E continua a crer no teu Machado.

Machado de Assis


(Imagem por Joel Robison)


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Made With Love By The Dutch Lady Designs