Inspiração: As Palavras Intraduzíveis de Marija Tiurina

24 de mai de 2015

Olá Olá, primeiramente gostaria de me desculpar por ficar um tempo maior sem postar, em segundo lugar quero avisar que a frequência dos posts vai diminuir esse mês pelo fato de eu estar passando por provas finais na faculdade, estou no último semestre teórico e as coisas estão ficando feias, então estou tendo que estudar dobrado, sorry.


Bom, esta postagem trata de um assunto, ou melhor, pessoa, que vem despontando na internet nas últimas semanas: a maravilhosa ilustradora Marija Tiurina, que está ficando famosa por ilustrar palavras "intraduzíveis" de diversos idiomas para o inglês. Achei seus desenhos incríveis, me inspiraram bastante, acho que me deparei com caso de  "Duende", acompanhe:



"Duende", do Espanhol: O misterioso poder que uma obra de arte tem de tocar as pessoas profundamente.

"Gufra", do Árabe: Quantidade de água que pode ser segurada com as mãos.

"Schlimazl", do Ídiche: Alguém com azar crônico.

"Kyoikumama", do Japonês: uma mãe que fica o tempo todo em cima do filho para que ele tenha bom desempenho nos estudos (eu conheço uma "Kyoikumama", né mãe).

"Tingo", do Pascuense:  o ato de pegar objetos que você gosta da casa de um amigo, pedindo emprestado gradualmente sem devolver. 

"L'appel Duvide", do Francês: em tradução literal "a chamada do vazio", mas quer dizer "o instinto de pular de lugares altos".

"Tretar", do Sueco: o segundo refil ou a terceira vez que você repete. 
(Aqui no Brasil "tretar" significa outra coisa -rs. Para as meninas de fora: "tretar" é uma gíria no Brasil que significa "brigar", olha só que coisa estranha!)

"Torschlusspanik", do Alemão: é o medo da diminuição das oportunidades ou possibilidades conforme a idade aumenta.

"Palegg", do Norueguês: Qualquer coisa que pode ser passada no pão.

"Age-Otori", do Japonês: Quando você corta o cabelo e fica pior do que estava antes (que maldade hahaha)

"Luftmensch", do Ídiche: literalmente "pessoa aérea", refere-se aos sonhadores.

"Baku-Shan", do Japonês: Uma garota bonita, desde que você só a veja de costas (outra maldade do Japão hahaha)

E, claro, não podia faltar uma em português: "Cafuné", do português brasileiro: o ato de acariciar os cabelos de alguém.

Finalizando, as minhas favoritas e que me identifiquei são "Duende", "Torschlusspanik" "Luftmensch", e as suas? Me conta aqui embaixo nos comentários.

2 comentários :

  1. Nossa que lindo!! Muita criatividade e talento, se tem uma coisa que eu queria nessa vida era o dom da ilustração, poxa eu iria desenhar e pintar meu universo subjetivo e interpretar por meio dos rabiscos e cores o quase indecifrável tal como a talentosa Marija!!!! Amei o post, Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que amor! Muito obrigada. Ilustrar também se aprende com a prática, comece a fazer alguns desenhos, quem sabe você descobre como desenvolver o dom?! Beijos <3

      Excluir

Made With Love By The Dutch Lady Designs